LANÇAMENTO_ Rita Lee faz noite de autógrafos no lançamento de sua autobiografia em São Paulo Entre selinhos, famosos e fãs que vieram de várias partes do país, a cantora autografou algo em torno de 500 livros na noite da última quarta-feira dia 16

Santa Rita de Sampa. Foto: Ale Frata

por Ale Frata

RITA LEE_ Se quem não gosta de samba, bom sujeito não é, quem não conhece Rita Lee, bom brasileiro não é. Ícone do rock brasuca e da MPB, prestes a completar 69 anos em 31 de dezembro próximo, a vovó muito louca do rock nacional, que passou por bandas como Os Mutantes, Tutti-Frutti chegou à Livraria Cultura do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, pouco depois das 17h e lá ficou, autografando inúmeras biografias. Para quem não era convidado, a condição para chegar perto da Rainha do Rock Brasileiro era possuir uma das 300 senhas que foram distribuídas na manhã da quarta feira. Segundo relato da fotógrafa Carol Mendonça, autora de uma das fotos que está no livro, por volta de 8h30 as senhas já estavam esgotadas.

No fim da tarde, a calçada da Alameda Santos, no entorno do Conjunto Nacional abrigava uma fila imensa, onde predominavam os cabelos vermelhos. Por volta de 21h, os fãs que ainda estavam ao lado de fora da livraria, na rampa em forma de caracol, cantavam músicas de Rita Lee, para ajudar a passar o tempo e conter a ansiedade de encontrar a musa do rock nacional.

Muitas celebridades estavam presentes para prestigiar o lançamento, além de Roberto de Carvalho e os filhos Antonio Lee, Beto Lee e João Lee. Entre os amigos, os cantores Ronnie Von e Rita Cadillac ganharam além da dedicatória no livro, um selinho na hora de ir embora. Branco Mello e Sérgio Britto, agora companheiros de banda de Beto Lee, no Titãs, também marcaram presença. O vereador mais votado da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy, carinhosamente chamado de Suplão, por Rita Lee, chegou acompanhado do filho, o cantor Supla. Astrid Fontenelle, Luisa Mell, Mariana Ximenes e Mel Lisboa, que interpretou a cantora, no Rita Lee mora ao lado – o musical, também marcaram presença.

Rita Lee, apesar de em alguns momentos demonstrar um pouco de cansaço, jamais deixou a simpatia e o bom humor de lado, brincando com o público que ainda estava ao lado de fora do espaço reservado para convidados e fãs com senha. Todos autógrafos vinham acompanhados de uma carimbada com algum desenho, da própria Rita, que variavam entre uma casinha, um dinossauro e um disco voador.

SINOPSE

Do primeiro disco voador ao último porre, Rita é consistente. Corajosa. Sem culpa nenhuma. A infância e os primeiros passos na vida artística; sua prisão em 1976; o encontro de almas com Roberto de Carvalho; o nascimento dos filhos, das músicas e dos discos clássicos; os tropeços e as glórias. Está tudo lá. E você pode ter certeza- essa é a obra mais pessoal que ela poderia entregar de presente para nós. Rita cuidou de tudo. Escreveu, escolheu as fotos e criou as legendas – e até decidiu a ordem das imagens -, fez a capa, pensou na contracapa, nas orelhas… Entregou o livro assim- prontinho. Sua essência está nessas páginas. E é exatamente desse modo que a Globo Livros coloca a autobiografia da nossa estrela maior no mercado. Guilherme Samora é jornalista e estudioso do legado cultural de Rita Lee. Preço: R$44,90 (Livraria Cultura)
About Ale Frata 50 Articles
Fotógrafo, publicitário e editor do Marofa Music. Ex-baterista do 1853, para não ficar longe dos palcos, hoje fotografa shows e espetáculos, além de futebol e outros segmentos. Dentre os estilos musicais, o predileto é rock n' roll, sem rótulos. Tattoo pra acompanhar.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.